Assessoria de Relações Internacionais

Assessoria de Relações Internacionais :: PUC Minas no mundo

Depoimentos de alunos da PUC Minas

Sai do Brasil cheia de dúvidas, e fui para o outro lado do mundo encontrar cultura, muita comida boa, milhares de amigos, conhecimento e inspiração pra uma vida toda aqui em Macau. Nunca fui tão bem recebida em um lugar como aqui. Todos os funcionários da USJ, fazem tudo o que podem para ajudar, e eu só vivi algo assim, na PUC-Minas, com as meninas do SEPLAN. Fiz matérias em Bussiness Administration e em Communication and Media, e meus professores abriram portas que eu nem sequer sabia que existiam antes de vim para cá. Sei que meu futuro como Relações Públicas mudou para sempre. Participei da comissão do Internation Cultural Fair, representando o Brasil. A universidade tem mais de 40 nacionalidades e 17 estavam presentes nesse dia. Cada país, serviu pratos típicos, expos roupas, músicas e alguns fizeram apresentações artístico-musicais. Nós servimos moqueca baiana de peixe com arroz, também servimos beijinho, brigadeiro e doce de leite ninho e até guaraná antártica. Eu só tenho a agradecer essa oportunidade, a assistência da SEPLAN e da USJ. Volto para o Brasil completamente apaixonada, pelo paradoxo cultural que é a China, sentirei saudade de cada dia que passei aqui."

Bruna Andrade
(University of Saint Joseph- MACAU)
Relações Públicas

"Há cerca de um ano eu procurava depoimentos pra tentar vislumbrar como seria meu intercâmbio. Eles me ajudaram a prever muita coisa, mas quando coloquei meu pé direito em Budapeste, ali começaram coisas que não estavam escritas e eram muito boas! Sair da zona de conforto é ampliar os limites pessoais várias vezes acima do que se pensa conseguir. Morar na Hungria significou aprender mímica, aperfeiçoar inglês e até brincar de falar um pouco húngaro. Significou também conhecer uma versão além da Europa que já se via pela TV, uma região com belezas naturais inacreditáveis, um povo com história diferente e também o Kürtőscalács, que entrou pra minha lista de doces favoritos. O convívio com o pessoal da faculdade também me rendeu amizades que espero ainda ter contato por anos a fio, mesmo que a milhares de quilômetros de distância. Ao me perguntarem se vale a pena, não hesito em responder que sim. Você se perde no meio do nada em uma cidade que só viu pelo Google Maps, é abordado por gente engraçada falando e achando que você está compreendendo e diversas outras coisas. Parece dramático, mas por fim é engraçado e, quando colocado em uma balança, o lado das experiências inusitadas, pessoas incríveis e lugares inacreditáveis pesa muito mais, e é esse peso que você coloca dentro mala antes de voltar pra casa."

Leonardo Gouvêa Silva
(ESSCA -Budapest)
Administração

Poder estudar na megalópole mais valorizada da China Continental foi um verdadeiro presente da PUC. A cultura de Xangai, formada pela fusão entre costumes ocidentais e tradições chinesas me proporcionou descobertas incríveis, além da concepção de uma visão de mundo mais híbrida. Academicamente, pude adquirir conhecimentos mais específicos de comércio exterior, administração e marketing. Visitei polos industriais, fábricas e instituições. Participei de simulações da União Europeia representando a Suécia, como por exemplo, no debate sobre a concessão do status de economia de mercado à China.

Monalisa Neves
(ESSCA - Shangai)
Relações Internacionais

Estudei na Hanyang University, uma das cindo maiores universidades da Coréia. A estrutura é incrível, desde os laboratórios de engenharia até um edifício para estudos automobilísticos, presente do CEO da Hyundai. O Gangnam Style é real.... e caro. O distrito que ficou famoso após a música do PSY abarca todos os prédios das grandes empresas coreanas como Samsung, Hyundai, LG, Lotte e várias outas. A comida é maravilhosa! Mesmo longe do arroz com feijão, não passei fome em nenhum momento! Não faz parte da cultura coreana comer insetos, mas se você quiser bicho da seda (que inclusive é uma delicia), você pode achar em qualquer parque. Estudar na Coréia é sinônimo de dedicação. Não é fácil, exige foco, mas o feedback é muito bom, sem contar no conhecimento que você esta adquirindo para trazer consigo! Falar desse semestre em Seoul é muito difícil. Foram inúmeras experiências, mas recomendo fortemente!

Rafael Libaneo
(Hanyang University)
Relações Internacionais

:: volta ::

Endereços:
Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG - CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444